Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (5)

Reflexões finais Há cem anos, nascia o educador e filósofo Paulo Freire; e há vinte e cinco anos, era publicada “Pedagogia da autonomia”, uma de suas principais obras, a qual aponta a importância do construtivismo para recriação de práticas educacionais. Ao indicar a curiosidade e o sentimento humano de inconclusão como propulsores da busca porContinuar lendo “Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (5)”

Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (4)

Algumas ideias principais Paulo Freire apresenta relações de ensino-aprendizagem como processos dialógicos e construtivos. Não há docência sem discência, ou seja, professores aprendem enquanto ensinam, assim como alunos ensinam enquanto aprendem. O conhecimento torna-se construção mútua. Ensinar não é transferência de conhecimento, mas a criação de possibilidades para produção e construção de conhecimento. Ensinar aContinuar lendo “Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (4)”

Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (3)

Capítulo 3 – Ensinar é uma especificidade humana Ensinar requer segurança e firmeza de atuação e decisão, respeito à liberdade e humildade para discutir posições e aceitar se rever. Assim é a autoridade exercida com sabedoria. Ensinar exige segurança, competência profissional e generosidade. A incompetência desqualifica a autoridade de professores, mas a segurança e aContinuar lendo “Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (3)”

Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (2)

Capítulo 2 – Ensinar não é transferir conhecimento Professores devem estar abertos a indagações. Seus discursos sobre teorias devem ser exemplos concretos, práticos, sobre as teorias. Ao falarem da construção do conhecimento e ao criticarem paradigmas de ensino de extensão ou transferência de conhecimento, já devem estar envolvidos na construção e nela, a construção, devemContinuar lendo “Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (2)”

Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (1)

Capítulo 1 – Não há docência sem discência Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para sua produção ou construção. A pedagogia tradicional produz equívocos nas relações de ensino e aprendizagem ao considerar professores como sujeitos formadores e alunos como objetos por eles formados. Em reproduções permanentes, objetos formados tendem a se transformar emContinuar lendo “Sobre “Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire (1)”

Doroteia

Resenha cultural sobre a montagem da peça teatral Doroteia, de Nélson Rodrigues, publicada na revista Expressão Digital, em suas edições eletrônica e impressa (outubro de 2017). DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Doroteia. Expressão Digital, Novo Hamburgo, v. 8, n. 17, p. 35, out. 2017. Disponível em: Expressão Digital – Fundação Liberato – expressaodigital@liberato.com.br | Doroteia