Coachingmania

É incrível como as informações são correlacionadas e induzidas nas redes sociais. Uma simples alteração no LinkedIn, de ativação de interesse por novas oportunidades, fez minha página inicial no Facebook ficar infestada de links (anúncios) de profissionais e serviços de coaching.

Todos temos experiências pessoais e profissionais que podem ser socializadas. Porém, nestes tempos virtuais, o compartilhamento de conhecimentos está associado, muitas vezes, ao interesse de ser bem-sucedido financeiramente. As redes sociais viram networking, e as estratégias de marketing e de persuasão balizam os contatos pessoais.

Através do LinkedIn, recebi mensagem de pessoa desconhecida a dizer que, ao analisar meu perfil, observou características comuns às de franqueados de uma suposta empresa líder mundial no ramo do coaching empresarial, para me oportunizar uma formação com a promessa de faturamento médio acima de 30 mil reais em prazo médio de 12 meses, a partir de investimento inicial de 195 mil reais.

Como não ficar abismado diante dessa profusão de alucinações e picaretagens? Ora, não quero ser coach e nunca precisei de um coach para aprender a ser estudante, profissional, pai, marido, enfim, para organizar minha vida. Precisei, sim, aprender com pais, amigos, professores, colegas de trabalho e através de muita leitura e estudo.

Não precisamos de estratégias de coaching para vivermos e para sermos felizes. Precisamos de amizades verdadeiras, de experiências humanas reais e significativas que ampliem nossos conhecimentos sobre a vida, que nos humanizem, nos irmanem e melhorem o mundo, principalmente para aquelas pessoas à margem da coachingmania.

DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Coachingmania. Jornal VS, São Leopoldo, p. 16, 2 jul. 2019.

Foto por mentatdgt em Pexels.com

Publicado por eleniltosaldanhadamasceno

Sou professor de Língua Portuguesa e de Literatura, jornalista e iniciei, em 2020, minhas atividades como escritor em formação e em ação. Sou mestre em Letras/Estudos de Literatura, especialista em Literatura Brasileira, graduado em Letras e em Jornalismo. Tenho 53 anos, nasci e sempre vivi em São Leopoldo/RS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: