A triste realidade na nomeação dos professores

Reivindico o mérito e o direito, não reconhecidos pela 2ª Coordenadoria Regional de Educação e pela Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul, como o primeiro colocado na classificação geral na área de abrangência da 2ª CRE e como 11º colocado na classificação geral em todo o Estado, para protestar contra a falta deContinuar lendo “A triste realidade na nomeação dos professores”

A representação da cidade no romance “Eles eram muitos cavalos”

Artigo produzido a partir de pesquisas realizadas durante o mestrado em Letras / Estudos de Literatura na UFRGS e publicado na revista eletrônica Nau Literária, dossiê A cidade e o romance contemporâneo (edição do primeiro semestre de 2012). DAMASCENO, Elenilto Saldanha. A representação da cidade no romance “Eles eram muitos cavalos”. Nau Literária, Porto Alegre,Continuar lendo “A representação da cidade no romance “Eles eram muitos cavalos””

Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis

Minha dissertação de mestrado em Letras / Estudos de Literatura na UFRGS. DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis, 2011. 157 p. (Dissertação de mestrado). Instituto de Letras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/49106/000827239.pdf?sequence=1&isAllowed=y * A Editora Dialética, de Belo Horizonte, convidou-meContinuar lendo “Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis”

Diferença bíblica entre alma vivente e espírito vivificado

O cristianismo apresenta a concepção da triunidade de Deus no Pai, no Filho e no Espírito Santo, que constituem o Deus verdadeiro. A autorrealização desse Deus triúno concretiza-se, segundo o pensamento cristão, na perfeita comunhão entre Ele e a criatura humana criada por Deus, a qual também manifesta uma triunidade em corpo, alma (em hebraico,Continuar lendo “Diferença bíblica entre alma vivente e espírito vivificado”

Paródia das palavras de Jesus nas crônicas de Machado de Assis

Artigo produzido a partir de pesquisas realizadas durante o mestrado em Letras / Estudos de Literatura na UFRGS e publicado na revista eletrônica Nau Literária, dossiê Literatura, cultura e cotidiano (edição do primeiro semestre de 2010). DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Paródia das palavras de Jesus nas crônicas de Machado de Assis. Nau Literária, Porto Alegre, v.Continuar lendo “Paródia das palavras de Jesus nas crônicas de Machado de Assis”

Parábolas, as histórias que Jesus contava, recontadas na história de Saramago

Artigo produzido em participação no X Simpósio Internacional IHU, promovido pelo Instituto Humanitas Unisinos em setembro de 2009, evento cujo objetivo principal foi promover debates em perspectivas transdisciplinares sobre possibilidades e impossibilidades dos discursos sobre Deus em uma sociedade pós-metafísica. DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Parábolas, as histórias que Jesus contava, recontadas na história de Saramago. InContinuar lendo “Parábolas, as histórias que Jesus contava, recontadas na história de Saramago”

Viagens em trens e em livros

Numa tarde de uma ensolarada sexta-feira, embarquei no trem metropolitano, rumo a Porto Alegre. Da Estação Unisinos ao Campus da UFRGS, enfrentaria um trajeto de aproximadamente uma hora e meia, de metrô e de ônibus. Acompanhava-me um bom livro, para preencher esse período de tempo com uma atividade prazerosa. Acomodei-me e, imediatamente, reiniciei a leituraContinuar lendo “Viagens em trens e em livros”

Seja bem-vind@!

Olá! Sou escritor, professor de Língua Portuguesa e de Literatura e jornalista. Sou mestre em Letras/Estudos de Literatura e especialista em Literatura Brasileira, pós-graduações realizadas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), licenciado em Letras/Português e bacharel em Comunicação Social/Jornalismo, graduações realizadas na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Em 2020,Continuar lendo “Seja bem-vind@!”