Referências ao mundo como código geográfico: o código geográfico em “Dom Casmurro” (3)

Na conclusão desse estudo, o segundo elemento a ser analisado como código geográfico no romance Dom Casmurro é a representação de continentes, nações e cidades estrangeiras como elementos de sua estrutura literária. A Europa, centro de desenvolvimento político, econômico, social e cultural no final do século XIX, recebe o maior número de referências. O bajuladorContinuar lendo “Referências ao mundo como código geográfico: o código geográfico em “Dom Casmurro” (3)”

O discurso, a cidade, o Rio de Janeiro como código geográfico: o código geográfico em “Dom Casmurro” (2)

A cidade do Rio de Janeiro no século XIX, então capital brasileira, é o primeiro elemento a ser analisado como código geográfico no romance Dom Casmurro. O narrador-personagem protagonista, Bentinho, nasce em uma fazenda, em Itaguaí, aspecto representativo dos resquícios da origem rural da sociedade brasileira no século em que o Brasil iniciava, mais incisivamente,Continuar lendo “O discurso, a cidade, o Rio de Janeiro como código geográfico: o código geográfico em “Dom Casmurro” (2)”

O código geográfico em “Dom Casmurro” (1)

A caracterização do espaço é um dos aspectos do nível descritivo do plano diegético de uma narrativa literária. Roland Barthes, grande crítico literário, escritor, filósofo, semiólogo e sociólogo francês, classifica a caracterização do espaço como função descritiva de “informação”, a qual serve, conforme o crítico literário e professor Salvatore D’Onofrio, para “relacionar o enunciado comContinuar lendo “O código geográfico em “Dom Casmurro” (1)”

“Dom Casmurro” e o conflito na Crimeia

Artigo literário publicado na seção de artigos do site de notícias Berlinda News. DAMASCENO, Elenilto Saldanha. Dom Casmurro e o conflito na Crimeia. Berlinda News, São Leopoldo, 6 abr. 2022. Disponível em: POR ELENILTO DAMASCENO II “Dom Casmurro” e o conflito na Crimeia

Primeiro aniversário

Há um ano, este site era lançado. Nesse primeiro aniversário, comemoro os objetivos atingidos nesse projeto: escrever e publicar textos, com qualidade e regularidade, para serem lidos por qualquer pessoa que se interesse por eles, no presente e/ou no futuro. Em um ano, o blog recebeu setenta postagens de minha autoria e relacionadas a gênerosContinuar lendo “Primeiro aniversário”

Currículo escolar e democracia

A escola é uma instituição que representa valores sociais. Numa sociedade democrática, pressupõe-se que alinhe o trabalho pedagógico a preceitos como justiça, liberdade, solidariedade. Todavia, a escola também se depara com valores e interesses opostos a isso. Confronta-se, inclusive, com suas contradições, as quais apontam mudanças necessárias à coerência ao projeto de transformação social queContinuar lendo “Currículo escolar e democracia”

O Modernismo na crítica de Alfredo Bosi

Ensaio publicado em seções de resenha e de artigos e reflexões dos sites Artistas gaúchos, Escrita criativa e Oficina de criação literária online. DAMASCENO, Elenilto Saldanha. O Modernismo na crítica de Alfredo Bosi. Artistas gaúchos, Porto Alegre, 14 fev. 2022. DAMASCENO, Elenilto Saldanha. O Modernismo na crítica de Alfredo Bosi. Escrita criativa, Porto Alegre, 14 fev. 2022. DAMASCENO, EleniltoContinuar lendo “O Modernismo na crítica de Alfredo Bosi”